Reforçada a intervenção do PRODAPE em Nampula


Data: 17/06/2024

O Projecto de Desenvolvimento da Aquacultura de Pequena Escala (ProDAPE) viu reforçada a sua intervenção na província de Nampula, com a entrega, esta terça-feira, 11 de Junho, de vinte gaiolas flutuantes, quarenta e dois mil alevinos, uma embarcação e um furo de água, entregue à Associação de Aquacultores: Força e Vontade de Maganha, do no distrito de Larde, Comunidade de Maganha.
A cerimónia que era bastante aguardada naquele distrito foi dirigida pelo Governador da Província, Manuel Rodrigues.
Na ocasião, o dirigente apelou à Associação de Aquacultores: Força e Vontade de Maganha, criada no ano 2021, constituída por 37 membros, dos quais 22 são mulheres e 15 Mulheres, beneficiária destes meios, para o bom uso e conservação dos bens entregues e enfatizou que espera que os mesmos contribuam para o incremento da produção aquícola da Comunidade de Maganha e por conseguinte para província de Nampula.
O Governador exortou ainda aos membros Comunidade de Maganha para serem vigilantes e a ajudarem aos associados para que os meios possam durar mais tempo e servir melhor a comunidade, promover o bom uso, evitando a sua destruição precoce.
Os alevinos foram povoados na lagoa de Maganha que tem uma extensão de 6km e contém condições propícias para a prática do cultivo de peixe em cativeiro e espera-se uma produção de 12,6 toneladas depois de um ciclo de seis meses,
Referiu ainda que, par além das 20 gaiolas e 42 mil Alevinos, a associação é beneficiária de uma embarcação para ajudar a alimentar os alevinos no meio do lago, um Furo de Água que será acoplado a uma estrutura de processamento de produtos de aquacultura e também haverá o melhoramento da estrada que dá acesso à lagoa onde estão as gaiolas para facilitar o escoamento do produto.
O PRODAPE é uma iniciativa do Governo de Moçambique, com financiamento do FIDA e está sob implementação do Instituto Nacional de Desenvolvimento da Pesca e Aquacultura, IP (IDEPA)